18.7.12

                                  

 

                   À BEIRA DO RIO CEIRA

 

                     4º LIVRO

 

       Cartas para o Céu

 

 

 

                      Poesias

 

 

 

 

 

 

 

            

 

 

             Cartas para o Céu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

        Clarisse Barata Sanches

 

 

 

 

 

    Clarisse C.paea o Céujpg

 

 

 

 

    

                       DEDICATÓRIA

 

 

          Minha mãe não sei fazer

 

          Um Poema para ti

 

          Que pudesse merecer

 

          O grande amor que perdi!

 

          A saudade é tão intensa

 

          Que sinto a tua presença

 

          Dentro do meu coração.

 

          Dormes em paz na jazida,

 

          Mas a alma, mãe querida

 

          Tem a Deus na sua mão!

 

Clarisse

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

     Logo que Deus te levou

 

      Sem atalhos para o Céu,

 

      Se o meu sorriso apagou,

 

      Mais uma estrela acendeu!...

 

 

 

              Aníbal Nobre

 

 

 

link do postPor canticosdabeira, às 10:50  comentar

 
mais sobre mim
Julho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
2012

2011

2010

2009

links
capas dos livros

CLIQUE PARA LER
Clique para ler


Clique para ler


Clique para ler


Clique para ler
blogs SAPO