17.7.12

 

 

                                 Todas as mães serão santas,

 

                           Pois só transmitem Amor,

 

                           Mas entre tantas e tantas

 

                           A nossa é sempre a maior.

 

                      (Armando das Neves Marques)

 

 

                               

 

 

                                

                   VELHINHA

 

 

À minha mãe velhinha eu quero tanto!,

 

Bastante mais que à luz do meu olhar!

 

Se triste está, minh' alma põe-se em pranto

 

E não consegue, então, mais sossegar.

 

 

 

Por não ter violetas p'ra lhe dar,

 

Colhi lírios, que têm doce encanto;

 

Mas é tão pouco para a compensar

 

Pelo amor que me dá, tão puro e santo!

 

 

 

Ajuda-me a tratar, meu Bom Jesus,

 

Aquela a quem aos filhos quer tão bem

 

E que arrasta, p'la Vida a sua Cruz.

 

 

 

Para a amar bastaria um só segundo,

 

Mas para o que merece a minha mãe

 

Não chega todo o tempo que há no mundo!

 

Clarisse /1996 (Dia da Mãe)                                 

link do postPor canticosdabeira, às 19:05  comentar

 
mais sobre mim
Julho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
2012

2011

2010

2009

links
capas dos livros

CLIQUE PARA LER
Clique para ler


Clique para ler


Clique para ler


Clique para ler
blogs SAPO