17.7.12

 

 

                       Puz na tua campa, oh! Mãe,

 

                           Uma saudade e uma rosa;

 

                           Se a rosa já cor não tem!...

 

                           A saudade está viçosa!...

 

                                         (Elisa Maçanita)

 

         

 

                      ALMA LIBERTA

 

Ao partires daqui do teu quartinho,

 

Deus queira, mãe, que de alma já liberta,

 

Não pisasses espinhos p'lo caminho

 

E encontrasses no Céu a porta aberta!

 

 

 

Calculo que assim fosse! E adivinho

 

Que a família, no Céu, estivesse alerta

 

Retribuindo o Amor e o Carinho

 

Que na Terra lhe deste em hora certa.

 

 

 

A Judite sonhou ver-te chegar

 

E três Anjos vieram - te abraçar

 

Um dêles que ela nunca conheceu.

 

 

 

Gostou! porém sofreu um grande susto

 

Porque viu a Gracinha e o Augusto

 

A darem-lhe beijinhos lá no Céu!...

 

 

Clarisse 1998

link do postPor canticosdabeira, às 18:30  comentar

 
mais sobre mim
Julho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
2012

2011

2010

2009

links
capas dos livros

CLIQUE PARA LER
Clique para ler


Clique para ler


Clique para ler


Clique para ler
blogs SAPO