Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

À BEIRA DO RIO CEIRA

Blogue iniciado pela autora, Clarisse Barata Sanches, a exímia poetisa de Góis, falecida a 25 de dezembro de 2018. Que permaneça intacto em sua homenagem.

À BEIRA DO RIO CEIRA

Blogue iniciado pela autora, Clarisse Barata Sanches, a exímia poetisa de Góis, falecida a 25 de dezembro de 2018. Que permaneça intacto em sua homenagem.

ALMA LIBERTA

17.07.12, canticosdabeira

                           Puz na tua campa, oh! Mãe, 

                           Uma saudade e uma rosa; 

                           Se a rosa já cor não tem!... 

                           A saudade está viçosa!... 

                                         (Elisa Maçanita)

 

         

ALMA LIBERTA

 

Ao partires daqui do teu quartinho,

Deus queira, mãe, que de alma já liberta,

Não pisasses espinhos p'lo caminho

E encontrasses no Céu a porta aberta!

 

Calculo que assim fosse! E adivinho

Que a família, no Céu, estivesse alerta

Retribuindo o Amor e o Carinho

Que na Terra lhe deste em hora certa.

 

A Judite sonhou ver-te chegar

E três Anjos vieram - te abraçar

Um dêles que ela nunca conheceu.

 

Gostou! porém sofreu um grande susto

Porque viu a Gracinha e o Augusto

A darem-lhe beijinhos lá no Céu!...

 

Clarisse. 1998

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.